Um portfólio de geração de energia eólica onshore em uma das regiões com os maiores recursos eólicos da Europa

Estudos de caso
Minute Read
A Irlanda é um local privilegiado para aproveitar as vantagens dos recursos eólicos e um lugar onde o vento é uma fonte competitiva de eletricidade em um mercado dominado pelo gás natural. Em 2014, a Brookfield adquiriu um portfólio de parques eólicos onshore com tecnologia de ponta espalhados por todo o país, além de projetos de desenvolvimento de novas instalações. 

A Brookfield alocou investimentos em tecnologia com o objetivo de obter dados avançados para otimizar o desempenho dos parques eólicos, aumentar o rendimento da geração eólica e melhorar a eficiência operacional. Trabalhando com a equipe de gestão, continuamos a construir e desenvolver a rede, ampliando a plataforma inicial para mais de 700 MW de capacidade total em operação (antes da venda de ativos). A ampliação continuou a ocorrer tanto de forma orgânica quanto por meio de aquisições, o que gerou oportunidades para futuros acréscimos de geração de energia eólica na Irlanda. Hoje, a empresa conta com aproximadamente 360 megawatts de ativos operacionais e prontos para construção, 300 MW em desenvolvimento e uma equipe de cerca de 70 pessoas em Cork. 

Irish_Wind_preview
Parque eólico

Aproveitando sua experiência global, a Brookfield expandiu o negócio e transformou-se em uma plataforma totalmente integrada de negociação de energia, contratos de compra de energia (PPAs) com empresas e alta capacidade de operação e crescimento. Essa plataforma é responsável pelo desenvolvimento de PPAs para atender à crescente demanda das empresas por contratos de energia verde totalmente rastreáveis no país. 

Fundamental para o sucesso do portfólio foi a nossa experiência operacional com visão de longo prazo e a capacidade de aproveitar os relacionamentos da Brookfield em todo o mundo. Além disso, nossa equipe local monitorava constantemente o país para identificar novas áreas de desenvolvimento, construir relacionamentos com proprietários de terras e trabalhar em estreita colaboração com as comunidades locais.