Estudo de caso

Manutenção do plástico longe dos rios e dos mares

O Teesport se tornou o primeiro porto no Reino Unido a minimizar ativamente o risco de vazamento de grânulos de plástico no meio ambiente com a operadora PD Ports responsável por ele assinando a iniciativa Operation Clean Sweep® (OCS). O projeto, realizado no Reino Unido pela British Plastics Federation, introduz medidas para manter "microplásticos" a uma distância segura de rios e mares.

Simon Clarke, membro do Parlamento por Middlesbrough South e East Cleveland, anunciou o acordo histórico, durante a apresentação do certificado OCS à PD Ports em uma recepção da BPF na Câmara dos Comuns na segunda-feira, 10 de setembro, afirmando:

\"A notícia de hoje é um grande passo à frente no combate à poluição plástica e alegrará centenas de eleitores meus que participaram de limpezas regulares nas praias de Saltburn e ao longo de nossos rios e riachos locais. A British Plastics Federation está fazendo um trabalho maravilhoso acabando com esse flagelo, e a PD Ports merece todos os créditos por se engajar rápida e decisivamente como o primeiro porto do Reino Unido a participar da Operation Clean Sweep.

\"Os plásticos têm papel fundamental em nossa economia, mas é vital que eles sejam produzidos e transportados de maneira responsável. Espero que outros portos do Reino Unido agora sigam o exemplo do Teesport, e nossa geração e as futuras terão motivos para agradecê-los se assim o fizerem.\"

A Operation Clean Sweep® já está implementada em mais de 250 locais no Reino Unido, até então grandes fábricas de plásticos. Porém, o anúncio recente representa uma mudança importante, incorporando outras empresas que processam esses materiais ao longo da cadeia de suprimentos, garantindo, assim, que os plásticos sejam manuseados de maneira responsável durante o transporte.